Projeto Baú dos Guerreirinhos e Coral Criança Alegria

O Baú dos Guerreirinhos é um pequeno espaço de incentivo à leitura e valorização da cultura da infância. As crianças reconhecem o Baú como um oásis no meio dos barracos sem espaço e dos becos que não permitem as brincadeiras. Os livros e brinquedos do Baú são poucos para a demanda, mas são uma riqueza imensa para aqueles guerreirinhos que mantém viva a alegria, apesar das grandes adversidades.

O “Baú” foi concebido para valorizar a cultura da criança e afirmar o direito de todas as crianças de viver com alegria. O direito a ambientes que permitam o desenvolvimento natural dos movimentos da infância em liberdade. O direito de desenvolver a consciência cidadã na convivência com as outras crianças e com os referenciais culturais positivos da comunidade, confirmando a natureza tansformadora do brincar. Foram anos de ações integradas, buscando a garantia de direitos fundamentais, a conquista da cidadania, a moradia, a trabalho digno e à infância.

HISTÓRICO

O projeto Baú dos Guerreirinhos foi criado no final de 2009, a partir de atividades de formação de jovens agentes culturais integrantes do Ponto de Cultura Guerreiros da Vila.

Numa primeira etapa (2006/2007), foram realizadas oficinas de formação de jovens agentes culturais, com oficinas de brinquedos e brincadeiras, de contação de histórias, artes circenses, música e teatro, além da formação geral sobre cidadania e direitos das crianças e adolescentes.

Numa segunda etapa, entre 2007 e 2008, os jovens e a Associação de Moradores da Vila Emater – ASMOVE, decidiram construir o espaço na comunidade. Após muita luta, o Baú dos Guerreirinhos foi inaugurado no pequeno prédio da antiga barbearia da comunidade. A COOPVILA participou desde cedo da criação do Baú, mobilizando as mães e catadoras da comunidade.

Em 2012, com recursos do premio Pontinho de Cultura, concedido pelo Ministério da Cultura, foi capacitada uma nova turma de jovens agentes culturais no curso de formação de brincantes: A Cultura Infantil Tecendo Lugares de Aprendizagem. A partir de vivências e reflexões sobre as manifestações culturais das crianças e do povo brasileiro, o curso buscou levantar as tradições e saberes de seus lugares, preparando os jovens para ações na comunidade, escolas e projetos culturais.

Participaram da formação, 40 adolescentes e jovens da Vilar Emater, Conjunto Carminha, Conjunto Frei Damião e alunos do curso de Direito da Universidade Federal de Alagoas, que contribuíram nas ações do Baú de Leitura da Vila Emater, a partir dessa formação. A parceria com a Escola Municipal Audival Amélio foi ampliada e foi fomado um coral integrando as ciranças da Vila e do Sitio São jorge, recebendo o apoio da ong ofradiae Cidadania, fundada por funcionários da Caixa Economica Federal.

O projeto Baú dos Guerreirinhos recebeu Prêmio ANU concedido pela Central de Favelas – CUFA em fevereiro de 2013.

(82) 3355-5196 | ceasb.al@ceasb.org.br | Avenida Gen. Luiz de França Albuquerque Rod. AL 101 Norte, 9.005, CEP 57039-230, Riacho Doce, Maceió, Alagoas.
CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL SÃO BARTOLOMEU © 2015 CEASB.org.br - Todos os direitos reservados
CNPJ: 01.123.585/0001-08