O projeto Rede de Adolescentes por uma Cidade Justa e Sustentável

O projeto REDE integra-se às diretrizes da Plataforma dos Centros Urbanos, na perspectiva de contribuir com o desenvolvimento de um modelo de intervenção social para redução das desigualdades em Maceió, a partir da participação cidadã dos adolescentes.

O projeto propõe a capacitação de 150 adolescentes e jovens de 13 a 18 anos dos cinco territórios prioritários da PCU Maceió.

O 1º Encontro Nacional com as Redes de Adolescentes (UNICEF), um Encontro municipal de adolescentes e Fóruns Territoriais serão considerados momentos privilegiados desse processo.

Os resultados esperados são:

  1. Adolescentes capacitados para a participação cidadã, na perspectiva da organização, interatividade e superação das desigualdades sociais;
  2. Adolescentes e jovens participando nas instâncias consultivas e deliberativas formais e não-formais das políticas públicas, a exemplo dos fóruns territoriais e 01 fórum municipal de adolescentes realizado;
  3. Comunicação instrumento de fortalecimento da mobilização e participação cidadã dos adolescentes e projeto sistematizado com registro de histórias de vida e relatório final;
  4. Mobilização de adolescentes, no âmbito da Plataforma dos Centros Urbanos/ UNICEF, através da gestão compartilhada e participativa.

Como o projeto vai atuar:

  • Mobilização para fóruns territoriais e formação de núcleos territoriais da rede de adolescentes

Numa primeira etapa, o CEASB realizou mapeamento das instituições e projetos andamento nessas regiões; mobilizou os adolescentes para participar dos Fóruns Territoriais,  realizados em novembro de 2014, que elegeram as prioridades e indicaram Comissões Territoriais e de acompanhamento das políticas e dos indicadores sociais.

Acompanhe aqui os resultados dos fóruns por território. Colocar mapa e slides contendo resultados dos fóruns por região.

Representantes dos núcleos territoriais de Maceió a participaram de Encontro Nacional de Adolescentes. Vide boletim digital 1.

  • Capacitação e formação dos adolescentes e pesquisa Consulta entre Pares (IPM/UNICEF)

A segunda etapa, em andamento, consiste na capacitação e construção do Plano de Ações da Rede. Organizados em núcleos nos cinco territórios, os adolescentes participam de encontros de capacitação sobre políticas públicas, direitos humanos, direitos das crianças e adolescentes, construindo conhecimentos sobre a realidade local e debatendo as demandas dos adolescentes.

Realização de pesquisa Consulta entre Pares – Fora da Escola Não pode, envolvendo alunos, adolescentes fora da escola e pais e professores. Os jovens pesquisadores aplicam questionário, tabulam, refletem e socializam os resultados.

Representantes do adolescentes acompanham os encontros das Comissões eleitas nos Fóruns territoriais e preparam o Fórum Municipal, evento que reúne representantes do poder público, da sociedade civil e dos segmentos e adolescente para elaborar o Plano Municipal de da Plataforma Centros Urbanos.

Percurso Formativo

O incentivo à participação dos adolescentes na plataforma PCU terá como base um processo continuo de formação e de ação.

A tecnologia social desenvolvida pelo CEASB é a metodologia de formação do cidadão gestor:

sujeito crítico e atuante. Nesta concepção é preciso formar cidadãos que ultrapassem a contemplação dos problemas e que se comprometam com a transformação do seu mundo. A memória, gestão social e sustentabilidade formam o tripé que permite a formação de gestores – da vida, do ambiente. Princípio educativo, a gestão social sinaliza para a construção de uma cultura de participação, onde a memória será recurso que fortalece o sentimento de territorialidade, de identidade, fazendo do sujeito – morador um ser assentado em determinado território. O percurso formativo integra dimensões ambientais, sociais, econômicas e políticas desde as leituras diagnósticas, convergindo para a proposição de políticas públicas integradas visando à superação das desigualdades.

A comunicação será instrumento de construção da autoria e autonomia dos adolescentes, fortalecendo sua capacidade de tomar a palavra, atuar coletivamente e comunicar-se em rede para participar ativamente da construção das políticas.

Sistematização: O objetivo da sistematização é desenvolvimento de subsídios teórico-metodológicos a partir da experiência vivenciada e lições aprendidas durante o projeto.

Espera-se contribuir para a construção, no âmbito da Plataforma dos Centros Urbanos/UNICEF, de um modelo de intervenção em centros urbanos que incorpore as demandas do segmento dos adolescentes, com impacto na ampliação do acesso à educação de qualidade, saúde, melhoria nas condições de vida e de habitabilidade, proteção e oportunidades de participação, com as especificidades da capital alagoana.

(82) 3355-5196 | ceasb.al@ceasb.org.br | Avenida Gen. Luiz de França Albuquerque Rod. AL 101 Norte, 9.005, CEP 57039-230, Riacho Doce, Maceió, Alagoas.
CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL SÃO BARTOLOMEU © 2015 CEASB.org.br - Todos os direitos reservados
CNPJ: 01.123.585/0001-08