Ministros do Nepal conhecem atuação da Rede de Adolescentes em Maceió

Os jovens da Rede de Adolescentes acolheram de braços abertos a delegação do Governo do Nepal e do Fundo das Nações Unidas (UNICEF) que veio ao Brasil em missão diplomática para conhecer experiências de redução das desigualdades envolvendo crianças e adolescentes.

Na busca de conhecimentos para fortalecer suas instituições públicas através de programas de proteção e redução das desigualdades, em especial, de cuidado da criança e do adolescente, a comitiva internacional foi apresentada, na manhã do sábado, 9 de abril, ao projeto Rede de Adolescentes por uma cidade justa e sustentável.

Desenvolvido pelo Centro de Educação Ambiental São Bartolomeu, em parceria com o Unicef, o projeto integra a Plataforma dos Centro Urbanos em Maceió e busca inserir os jovens no processo de redução de desigualdades nas grandes capitais que afetam a criança e o adolescente.

Os estudantes Odilon Matheus (17), Ohana Rabelo (19), Peterson Lessa (18) e Thiago Maciel (18) representaram a Rede de Adolescentes e falaram do progresso na atuação juvenil em busca de uma cidade mais justa, desde o início do projeto, no final de 2014, até os dias atuais.

“As capacitações foram importantes e são a base de conhecimento que precisamos ter para participar de reuniões com o Governo, com a direção da escola e com a comunidade, buscando defender nossos interesses e melhorias para a vida dos jovens”, afirmou o jovem Peterson Lessa, representante da região administrativa 7.

A representante do UNICEF Nepal, chefa da área de Governança Local Sensível à Criança, Anjali Sherchan, demonstrou curiosidade diante do protagonismo apresentado pelos jovens e perguntou como funcionava os encontros e o que desejam do UNICEF.

De pronto, os jovens responderam que costumavam se reunir semanalmente para discutir temas como direitos humanos, o estatuto da criança e do adolescente, gênero, violência urbana, entre outros temas; construíam grêmios; participação de fóruns de políticas públicas, como conferências e audiências públicas; e desejavam do Unicef uma presença maior nas escolas.

“Esse projeto tem transformado a consciência de vários jovens e deve estar presente em todas as escolas para termos mais participação da juventude para construir uma cidade diferente”, afirmou Odilon Matheus, representante da região administrativa 6.

Ao final, os membros da comitiva do Nepal e os adolescentes trocaram recordações. Os jovens entregaram uma camisa e a revista da Rede de Adolescentes e receberam suvenires e broches do país asiático.

Na mesma manhã, a delegação internacional também conheceu o trbalaho dos jovens do Mapeamento Digital, dos membros dos Conselhos Tutelares e de sistemas de garantias de direitos.

(82) 3355-5196 | ceasb.al@ceasb.org.br | Avenida Gen. Luiz de França Albuquerque Rod. AL 101 Norte, 9.005, CEP 57039-230, Riacho Doce, Maceió, Alagoas.
CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL SÃO BARTOLOMEU © 2015 CEASB.org.br - Todos os direitos reservados
CNPJ: 01.123.585/0001-08